Terapia Transgeracional
PÁGINA INICIAL
DRA. DE S. LAIS BERTOCHE
TERAPIA TRANSGERACIONAL
CURSOS & EVENTOS
PSIQUIATRIA
REGRESSÃO DE MEMÓRIA
HOMEOPATIA
HARMONIZAÇÃO ANÍMICA
PERGUNTAS E RESPOSTAS
TEXTOS & CASOS CLÍNICOS
CONTATO
Dra. Laís de Siqueira Bertoche

A Terapia Transgeracional é uma abordagem psicoterapêutica que ajuda pessoas a encontrar a liberdade para ser o que são.

Como humanos, herdamos um inconsciente coletivo que se expressa através de sonhos e imaginações, contando histórias e não analisando fatos. Ao nascer num corpo, adquirimos as crenças da família de origem – que atuam como mandatos, virtudes ou impedimentos. Essas heranças geram os sintomas – as reais expressões do sofrimento – que devem ser tratados visando sua dissolução na origem.

Para entender melhor, podemos imaginar a Consciência, a Essência, como sendo o Ator, e o ego como um personagem. A cada vida o Ator cria um personagem diferente, que vive e conta sua história durante certo tempo e depois morre. Se a vida ou, principalmente, se a morte foi traumática, o personagem, embora não tenha mais corpo físico, pode ficar perambulando próximo aos locais onde viveu. Quando uma nova pessoa nasce, por sintonia vibratória, esse ego perdido se aproxima, provocando no vivo os sofrimentos vivenciados pelo sujeito durante a morte. O processo de cura se encerra pelo encaminhamento do personagem do passado para o mundo espiritual. Esse processo é válido também para as energias intrusas (obsessores).

 


Desde que comecei a trabalhar na clínica psiquiátrica, busquei uma técnica que, de modo simples e objetivo, possibilitasse a dissolução dos medos, inseguranças, descrenças e ilusões e que nos devolvesse a alegria de viver e a possibilidade de ser feliz. Nesse processo, senti necessidade de incluir no espaço terapêutico não só a família de origem e seus ancestrais, mas também o contexto cultural, as condições sociais e ambientais do cliente. Aos poucos fui percebendo que os sintomas apresentados tinham uma raiz mais profunda e estavam arraigados no inconsciente coletivo dessas pessoas, o que exigia uma nova abordagem terapêutica.

A Terapia Transgeracional utiliza estados ampliados de consciência (estados de transe consciente). No transe a consciência está ampliada; isso permite o acesso direto ao inconsciente transpessoal (vidas passadas) e familiar e facilita o reviver do trauma e sua consequente dissolução de forma eficiente e rápida.

Esse trabalho é estruturado, usando como base conhecimentos e práticas da Hipnoterapia Regressiva (Terapia de Vida Passada), da Terapia de Família, da Constelação Sistêmica (abordagem fenomenológica desenvolvida por Bert Hellinger), da Técnica de Exteriorização do Problema, da Teoria dos Sistemas e dos Campos Mórficos, entre outros.

   
© 2017 DRA. LAÍS DE SIQUEIRA BERTOCHE. Todos os direitos reservados